quarta-feira, 26 de setembro de 2012

O tal do patins...


Comecei a engordar aos 16 anos. Antes disso eu era a gostosa da escola, eu era a gostosa da praia nas férias, eu era a gostosa do clube. Sempre fui de fazer exercícios, acho que não teve época da minha vida em que fiquei sem praticar algum esporte. Com 3 aninhos entrei para o ballet, depois disso comecei a fazer ginástica olímpica, aí entrei para o vôlei e fui parar na academia. Estou convivendo com ela desde então, em uma relação de amor e ódio! Na adolescência adorava dançar, cheguei a fazer aula de axé, dançava nos shows da praia, dançava em casa na frente do espelho, mas aí cresci e acabou a modinha.
Na época da faculdade engordei, com o perdão da palavra, PRA CARALHO! Foi quando decidi fazer o tal do regime com remédios e emagreci 30 kg. O que me ajudou muito nesta época foi uma academia podrinha, só com esteira, bike e aparelhos de musculação. Quando parei de tomar remédio, continuei fazendo academia meio na má vontade. Precisava de uma academia com aulas interessantes e achei! Tinha aula de dança, step, jump mas mesmo assim o amor durou pouco e desanimei. Aí como sempre gostei de dançar meu sonho era fazer uma academia de dança, mas por causa de tempo e dinheiro, nunca consegui.
Comecei a trabalhar em São Paulo e o jeito foi procurar a bendita da academia de novo. Achei uma boa, com aulas de jump, step, abdominal e blá blá blá e estou nela até hoje, já faz 1 ano, entre indas e vindas. Já fiquei meses sem aparecer por lá, já emagreci muito estando lá e já engordei muito nessas desistências sem motivo.
Agora que decidi fazer esta mudança de hábitos e reeducação alimentar, peguei firme na academia, afinal a academia é ótima e as aulas são muito legais.
Neste meio tempo, um amigo sempre me convidava para andar de patins, porque ele começou a patinar e se apaixonou, começou a levar uma vida mais saudável e emagreceu horrores. E eu sempre respondia: ok, vamos combinar! E nunca ia...
Até que um dia falei para meu namorado que este amigo sempre chamava e estava ficando meio chato a gente nunca ir e meu namorado se empolgou com a ideia de patinar, tanto é que antes de saber se gostávamos ou não, compramos o patins! Eu, como já tinha andado há uns 15 anos atrás, não desaprendi e estava mais confiante nos primeiros passos. Mas ainda assim com patins eu nunca ia andar com meu amigo que sempre convidava.
Fui passar um final de semana em Sorocaba e o combinado com meu namorado era que não íamos abandonar o patins, íamos levar ele para cima e para baixo, de ônibus, de trem, ou seja lá como fosse. E levei meu patins para Sorocaba. Fomos andar em uma pracinha em Votorantim e acabamos conhecendo dois meninos que estavam fazendo slalom, que são manobras em volta de cones pequenos. Aí pronto, comecei a fazer slalom e já começou o amor! Eu já estava enjoando de andar só para frente, já estava quase encostando o patins, afinal, não estava queimando muita caloria com ele, fora que meu namorado andava 20 minutos e já queria parar.

Algumas patinadas desde o começo. Que enorme eu estava na primeira foto!

Aí, mês passado resolvi acompanhar meu amigo nas patinações dele, finalmente! Todas as terças e quintas ele vai para o Ibirapuera, onde tem uma galera que anda profissionalmente e por lazer. Foi puro amor! Não dá para acreditar o quanto essa brincadeira de patins e slalom está mudando meus hábitos! Já cheguei a andar 4 horas seguidas e queria mais! Cada manobra é um desafio e muitas calorias eliminadas. Muitas vezes já disse: até parece que vou conseguir fazer isso! Mas com muito treino, acaba se tornando automático e a sensação de conseguir fazer é muito gratificante!
Fora que minha perna está ficando definida, sinto dor muscular nas pernas e nos glúteos, sinto minha coluna mais forte, sinto até meu braço sendo trabalhado! O equilíbrio, a força física e a sensação de estar emagrecendo com prazer são realmente demais!
Meu patins ainda não é dos melhores, mas já estou pensando em trocar a compra de um notebook pela compra de um patins próprio para slalom.
Não sei ao certo quantas calorias são gastas em 1 hora de patinação e slalom, não quero colocar aqui nada técnico sobre o que o patins faz pela minha saúde, estou contando a minha experiência e o que vejo de resultados em mim por conta da dedicação que estou tendo com este esporte.
Enfim, saio do treino pingando de suor, quebrada por causa do esforço e com a adrenalina a mil por ter me superado a cada manobra realizada. E isso me dá até mais ânimo para ir na academia.
Hoje finalmente descobri um esporte que me dá prazer! Eu sempre ouvi isso: faça o que te dá prazer, só assim você vai conseguir emagrecer. E é isso que estou fazendo!

Pessoas que gosto patinando =)

Marcadores:

3 Comentários:

Às 27 de setembro de 2012 17:12 , Anonymous Anônimo disse...

Coisa linda você patinando! Aqui em Goiânia acho que ninguém anda de patins, em lugar nenhum. Eu até tenho, mas se andei duas vezes foi muito. É muito legal encontrar algo que dá prazer. Eu odeio academia, e não quero voltar em uma tão cedo. No momento meu prazer é nas piscinas, mas a dança também me dá um enorme prazer.
Continue firme! Estamos juntas SEMPRE!!!

Cris

anaeducacris.blogspot.com

 
Às 4 de outubro de 2012 13:37 , Anonymous Anônimo disse...

a-do-ran-do seu blog!!!

 
Às 5 de outubro de 2012 14:48 , Blogger Lilian disse...

Eu tenho muita vontade de patinar...ohhh que delícia deve ser. Quem sabe um dia compro um e começo.
Bjus

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial